,

Cidade mineira é escolhida para a instalação de cinema autossustentável movido a energia solar

Cidade mineira é escolhida para a instalação de cinema autossustentável movido a energia solar

No sul de Minas Gerais, a cidade chamada Itajubá irá receber a construção pioneira no país: um cinema sustentável! Este cinema inovador será movido com energia solar, reaproveitamento de água da chuva, estacionamento de bicicletas e espaços para recarga gratuita de carros elétricos. A previsão de lançamento é para o dia 12 de dezembro.

A unidade será como um município-teste, pois a intenção é replicar o cinema sustentável em outras cidades pela rede Cine A. A escolha da cidade deu-se pelo número de habitantes, cerca de 100 mil. Além disso, a cidade possui perfil um tecnológico e cultural e, também, demonstrou interesse da administração pública em receber a inovadora construção.

O local da construção do cinema sustentável foi doado pela prefeitura, diante disso, a empresa responsável investiu mais de R$ 10 milhões para construir o espaço. Outra vantagem que o cinema trouxe foi justamente as oportunidades de emprego; foram pelo menos 200 vagas abertas e 50 postos de trabalhos definitivos a partir da inauguração.

Em sua estreia, o cinema exibirá lançamentos como: Aquaman, O Retorno de Mary Poppins, Bumblebee e o nacional Detetives do Prédio Azul 2 – O Mistério Italiano. A construção foi feita ao lado do Teatro Municipal para valorizar ainda mais o espaço cultural de Itajubá. O cinema conta com quatro salas e capacidade para 700 pessoas. São 4.058 m² de área construída onde existem restaurantes, área para Slackline, meditação, yoga, dança e academia.

O cinema sustentável inovador possui sua própria usina solar com capacidade para gerar até 24 mil KWH/mês, energia produzida por meio dos raios solares. As células fotovoltaicas instaladas nos semicondutores ligados às placas geram partículas de energia quando expostas à luz. A água da chuva será reaproveitada para regar jardins e na limpeza geral do local. Os clientes que possuem veículos elétricos ou híbridos poderão ser carregados no estacionamento do cinema enquanto o filme é exibido.

Mesmo sendo abastecido com energia solar, o cinema não deixa de oferecer as tecnologias mais modernas, como, por exemplo, recursos de som Dolby Atmos e imagem 3D e 4K. O diretor da Rede Cine A afirma que o mundo atual está precisando de mais ações socias e construções inteligentes. O cinema traz essa proposta: ser inovador, moderno e sustentável. A ideia é colaborar por um futuro melhor, um mundo limpo e cheio de cultura.

Alguns cinemas também contam com a tecnologia da energia solar. Em Socorro, por exemplo, também existe um cinema que é movido a energia solar. Outra proposta é o projeto Cinesolar que utiliza energia solar para exibir filmes em vans equipadas com placas solares. As vans passam por diversas comunidades.

FONTE – portalsolar.com.br