,

Energia solar proporciona alternativas para enfrentar a estiagem no semiárido piauiense

Agricultores têm utilizado placas solares para bombear água do poço para irrigação, animais e consumo próprio.

Veja o vídeo

A energia solar vem proporcionando agricultores, no semiário piauiense, alternativas para enfrentar a estiagem. No Povoado Canto da Vereda, a 50 km do Centro de Oeiras, agricultores não dependem mais do açude quase seco da comunidade para conseguir água.

Com os raios solares, eles conseguem bombear a água do poço para irrigação, animais e consumo próprio. Desde que a novidade chegou na comunidade há um ano, a irrigração não falha, a água sai na hora e na quantidade certa, deixando a horta viva.

“Antes a gente precisava não só do óleo, combustível do poço, como também toda a manutenção do motor. Às vezes quebrava, dava problema e a gente ficava semanas sem água”, lembrou a agricultora Diva da Silva.

O agricultor Luiz Costa foi outro que acreditou na transformação que as placas solares trariam para o campo. Elas estão instaladas na parte onde nada brotava da terra, mas os raios de sol que antes matavam, agora estão ajudado a resgatar a agricultura e pecuária da região.

Na propriedade com 40 hectares, o agricultor cria ovelhas, bodes e galinha, além do cultivo de macaxeira, melancia, batata doce, acelora, maracujá, pequi e cajueiros. O sucesso no negócio também ajudou a expandir outras áreas no terreno.

“Com este benefício que a gente implantou aqui, o pequi também se sentiu valorizado, priveligiado e com esta safra vai trazer mais uma hora extra, que nós não tinha”, declarou.

FONTE – g1.globo.com