,

Este super-iate de luxo vai funcionar só com energia solar

300_Render4-1-e1537478636889-dc19bbbd74cfe99e2db22a448e59241e3a12a702

A adesão em massa a energias alternativas nos transportes começou pelos segmentos superiores, unindo o luxo a um espírito ecológico, numa tentativa de eliminar ao máximo a poluição no dia-a-dia, seja por motivos profissionais e pessoais. Até mesmo os transportes aquáticos estão a aderir a essa moda, recorrendo não só a energia elétrica para se moverem, mas aproveitando ainda outras fontes. É assim que surge a SolarImpact, empresa suíça que pretende ser a primeira a construir um super-iate que retira toda a sua energia do sol.

O iate da SolarImpact foi feito para usar apenas o sol para se mover sobre as águas, fornecendo energia não só ao motor mas também às amenidades necessárias à vida a bordo. Quando for construído, vai ostentar uma área de 300 metros quadrados coberta por painéis solares, para recolher energia do sol que depois será transformada em eletricidade. Esta energia vai lhe permitir navegar sem emitir qualquer ruído (poluição sonora é ainda mais incomodativa debaixo de água), sem qualquer limitação nos luxos que se pode esperar deste tipo de embarcação.

O conforto e a segurança dos passageiros beneficia do tipo de casco chamado SWATH, geralmente usado para embarcações maiores. A estrutura é suportada por dois elementos em forma de torpedo, que não só reduzem o balanço das ondas em 90 por cento, como também impedem o super-iate de se virar e contribuem para uma redução significativa do consumo de energia, com um nível mínimo de arrasto, o que também lhe permite atingir uma velocidade de 22 nós (41 km/h) com dois motores elétricos de 500 kW (680 cv) cada um.

Com um comprimento de 78 pés (24 metros), não tem as dimensões necessárias para ser considerado um super-iate, mas é pelo aproveitamento do espaço interior que merece este nome. Dentro do iate, a nova criação da SolarImpact tem uma área comum de 220 metros quadrados, além de um salão com 100 metros quadrados, que oferece uma vista sem obstruções a 360 graus.

FONTE – motor24.pt