,

A primeira ilha no Mediterrâneo que funcionará apenas com energia solar e eólica

Livadia harbour, Tilos islandVeja as fotografias da ilha grega de Tilos, clicando nas setas. 
[Fotografias: iStock]

A ilha grega de Tilos vai ser a primeira no mar Mediterrâneo a usar exclusivamente, no dia a dia, energia eólica e solar. O projeto já foi iniciado mas ainda existem vários testes a decorrer.

É previsto estar totalmente funcional no final de 2018 e vai armazenar energia para as épocas de maior procura. E esta primeira ilha sustentável no Mediterrâneo é um verdadeiro sonho.

Segundo a agência de notícias Associated Press, a ilha grega vai funcionar unicamente com poderosas baterias que vão ser alimentadas por campos de painéis solares e turbinas eólicas – com 800 quilowatts de potência. Este projeto tem o mesmo nome da ilha, TILOS, – Techonology Innovation for the Local Scale Optimum Integration of Battery Energy Storage. Estas baterias vão ser usadas principalmente durante a noite e em alturas com excesso de turismo.

Esta ilha no Mediterrâneo tem uma população de aproximadamente 400 pessoas durante o inverno. Mas recebe cerca de 3 mil visitantes todos os verões tornando a utilização de energia inconstante.

Normalmente, Tilos funciona com energia elétrica. É alimentada por um cabo subaquático com origem na ilha vizinha de Kos, mas este sistema causa muitos problemas e apagões. Estas falhas elétricas são principalmente preocupantes para os lojistas que dependem do turismo – a principal fonte de rendimento da ilha.

Sevasti Delaporta, dona de um hotel em Tilos, disse à Associated Press que está otimista relativamente ao projeto: «as pessoas estão agradadas com esta nova iniciativa porque não têm problemas com os eletrodomésticos nem com o ar condicionado (…) estão felizes».

Tilos foi nomeada «a ilha mais verde da Grécia» e o projeto combina perfeitamente com este título. A maioria dos turistas desloca-se a esta região para realizar caminhadas e observar as diversas espécies de aves existentes.

Mayor de Tilos, Maria Kammas, é uma grande apoiante da preservação da beleza natural da ilha. Kammas disse: «há vários anos que Tilos tem um compromisso com a proteção do ambiente. Procuramos visitantes que gostem de proteger e cuidar daquilo que a natureza nos deu».

A Comissão Europeia está a planear utilizar este território grego como um modelo e replicá-lo em outras ilhas no Mediterrâneo. Possivelmente mais cedo do que pensa, vai poder visitar um grande número de ilhas totalmente sustentáveis. Um verdadeiro sonho, não?

Se estiver nos seus planos visitar esta ilha grega, existem ligações aéreas para as ilhas vizinhas de Kos e Rhodes, e daí pode apanhar um ferryboat. Ou também pode voar para Atenas e fazer uma agradável viagem de 17 horas num ferryboat até Tilos. A escolha é sua.

FONTE – voltaaomundo.pt