,

Ruínas do século 18 viram casa futurista movida a energia solar

Casa contemporânea foi construída preservando as ruínas de antigo casarão escocês

Foto: Reprodução/Colossal

O cenário bucólico dos campos de Dumfries, na Escócia, pode ser observado das janelas de uma casa de arquitetura inusitada. Dentro dela, o novo e o velho mundo se encontram e complementam. Os arquitetos Nathanael Dorent e Lily Jencks são responsáveis pelo projeto, que transformou uma construção em ruínas do século 18 em uma residência moderna de aspecto futurista.

Foto: Reprodução/Nathanael Dorent

As ruínas em pedra na parte superior de uma colina dividem espaço com paredes brancas curvilíneas que serpenteiam toda a estrutura. O telhado é inclinado de maneira semelhante ao que teria abrigado a antiga casa escocesa.

A tecnologia é presente em toda a residência de 180 m², que é totalmente alimentada por painéis solares. Várias claraboias permitem que a casa seja iluminada apenas com luz natural durante o dia, mesmo em dias nublados.

Os arquitetos criaram janelas e portas personalizadas para proporcionar as vistas mais belas da fazenda. Uma abertura oval direcionada a um campo com vacas é praticamente parte da decoração, lembrando uma pintura.

FONTE – gazetadopovo.com.br