,

Uso de energia solar por escolas estaduais e prédios públicos é garantido em projeto de lei

Maurício Picarelli prevê ainda armazenamento de águas pluviais nas unidades construídas com recursos do Governo do Estado

Maurício PicarelliMaurício Picarelli é o autor do projeto – (Foto: Marcelo Victor/Arquivo Capital News)

O deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB) apresentou na sessão desta quarta-feira (4), Projeto de Lei que propõe a utilização de sistemas de captação de energia solar e de armazenamento de águas pluviais nas unidades escolares e demais prédios a serem construídos com recursos do Governo do Estado.

O projeto ainda estabelece que os sistemas sejam dimensionados para atender, no mínimo, 80% de toda a demanda de água dos conjuntos habitacionais, escolas e prédios construídos com recursos do Estado. Caso se torne lei, em toda obra e reforma dos edifícios públicos deverão ser instalados os métodos de captação de energia solar e de coleta, armazenamento e utilização de águas pluviais.

“A proposta também contém a previsão, conforme disponibilidade financeira do Estado, da instalação gradativa desses sistemas e métodos em todos os prédios que abrigam órgãos públicos. São várias as vantagens, entre elas, a economia e proteção ao meio ambiente”, afirmou Picarelli.

Hoje, as leis estaduais 3.896 e 4.400 trazem a previsão de que as unidades habitacionais populares sejam construídas com coletores solares, reservatórios térmicos, aquecimento auxiliar, interligações hidráulicas por circulação natural e sistemas de reaproveitamento dos recursos hídricos.

FONTE – capitalnews.com.br