Apple planeja vender excedente de energia das suas “fazendas” solares.

Apple solicita ao Federal Energy Regulatory Commission permisão para vender excedente de energia .

Ha algum tempo, a gigante tecnológica Apple vem investindo em na geração de energia solar, uma matriz energética limpa e renovável, em suas “fazendas” em Cupertino e Nevada. O resultado dessa empreitada tem sido tão satisfatório que a empresa solicitou ao Federal Energy Regulatory Comission uma permissão para vender o excedente de energia no mercado americano.

 

09111045872238

A nova subsidiária com foco no mercado energético faz parte dos planos da Apple de ter todas as suas operações funcionando a partir de energias renováveis. Para abastecer os centros de dados, lojas e escritórios quando não é possível obter energia solar a empresa pensou em “trocar” a eletricidade solar excedente por outros métodos renováveis, trabalhando em parcerias com empresas desse segmento.

A especulação que o mercado faz é que a Apple pretende transformas essa subsidiária em mais uma fonte de rendimentos, vendendo a energia de sobra diretamente para o mercado consumidor. Por outro lado, há quem especule que a abertura dessa subsidiária esteja relacionada aos rumores de que a Apple estaria em contato com empresas de tecnologia para estudar a criação de postos para abastecimento de carros elétricos.

Atualmente, a energia limpa produzida pela Apple tem sido utilizada para equipar seus centros de dados, lojas físicas, escritórios e serviços online. Além de energia solar, ela também investe em outras soluções renováveis como energia hidrelétrica, biogás e geotermal.

Fonte – Ambiente Energia

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *