Empresa de Curitiba inaugura Estacionamento com Energia Solar

Um restaurante da capital paranaense buscou uma alternativa para os altos gastos com energia elétrica. A solução foi a instalação de um sistema de energia solar, que garante uma economia de cerca de R$ 70 mil anualmente. Hoje o estacionamento solar fotovoltaico da empresa é responsável por gerar 110% da energia mensal que a empresa utiliza. Entenda como a instalação das placas solares pode ser aplicado em empresas e residências.

 Autossuficiência em energia

Durante anos os gastos com energia gerados pela empresa assustavam. Eram mais de 5 mil reais dedicados todos os meses para manter o funcionamento do restaurante. Com isso o proprietário decidiu que era o momento de investir em uma alternativa sustentável e muito mais econômica: a energia solar.

A intenção sempre foi tornar a empresa autossuficiente em energia, gerando a quantidade necessária para cobrir os gastos mensais. De início a ideia era que o restaurante abrigasse as placas de energia solar, mas a área disponível não poderia sustentar todos os painéis necessários para a autossuficiência.

Isso não impediu o proprietário, e o estacionamento da empresa, do outro lado da rua, foi escolhido para a instalação e geração de energia solar. Além de possuir o número de placas solares necessárias, o sistema gera energia em excesso, que pode ser devolvida para a distribuidora ou descontada da fatura de outros imóveis.
Energia solar Residencial: é possível?

O empresário afirma que além de pagar a conta do restaurante, as placas de energia solar do estacionamento geram desconto na fatura de outros dois imóveis dele e da família. Atualmente o sistema é responsável por gerar cerca de 110% da energia que a empresa precisa, por isso o excedente é utilizado em outros locais.

A energia solar é um investimento cada vez mais acessível para residências. Segundo a empresa responsável por executar o projeto, com aproximadamente 32 mil reais é possível investir em energia solar residencial para cobrir um consumo relativamente alto. A economia compensa o valor aplicado em alguns anos.

Compensa o Investimento?

No caso do restaurante, foram investidos cerca de R$ 495 mil, que de acordo com o proprietário, serão compensados em 4 anos e meio por conta da economia. Anualmente 70 mil reais serão economizados com a instalação das placas solares no estacionamento.

Muitos acreditam que por ser pouco ensolarada, Curitiba não irá contribuir para uma boa geração de energia solar. Pelo contrário, a cidade possui alta incidência de raios solares, sendo assim uma região com potencial para energia solar. Desse modo as placas solares costumam ter um desempenho melhor em Curitiba do que em algumas cidades do nordeste brasileiro, onde o sol se mostra mais intenso.
O responsável pelo projeto Estacionamento Solar Fotovoltaico

Claro que o projeto contou com uma empresa de engenharia especializada para a execução. A responsável foi a Gena Energia Solar, que forneceu projetos, materiais e desenvolveu a estrutura. A GENA Geração de Energias Alternativas afirma que existem diferentes tamanhos e tecnologias de placas de energia solar, e no caso do restaurante foram utilizados painéis de 60 células monocristalinas enquanto as placas utilizadas na maioria dos casos possuem 72 células policristalinas. O modelo do estacionamento tem a capacidade de gerar mais energia, maximizando a produção.

FONTE – terra.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *