Executivos chineses visitam área e elaboram projeto de geração de energia solar no Nortão

O grupo de investidores chineses já esteve em Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop) e analisou a área onde será implantado o projeto de geração inicial de um megawatts de energia através de placas solares. De acordo com o prefeito Maurício Ferreira de Souza (PSDB), os custos ainda não foram divulgados, mas a previsão inicial era de investir cerca de R$ 1 milhão pelos executivos.

“Eles fizeram o levantamento dos dados da área e na próxima semana devemos estar em Cuiabá pessoal do Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (MT FOMENTO), que é quem trouxe esses investidores para o Estado. Sabemos que o orçamento está pronto, mas ainda não tivemos acesso”, disse.

A usina solar será montada em parceria da prefeitura com Cooperativa dos Garimpeiros do Vale do Rio Peixoto (Coogavepe) e os garimpeiros consumirão boa parte da produção energética e outra parte será disponibilizada na rede da concessionária e, com isso, ocorre uma compensação.

Conforme Só Notícias já informou, a intenção da prefeitura é aplicar as placas solares para gerar energia no hospital regional que gasta em média R$ 30 mil por mês. “Eles vão desenvolver um projeto para colocar essas placas na cobertura do hospital também. Poderá gerar até 500 Kva. Isso iria zerar praticamente o consumo da unidade”, declarou o prefeito.

FONTE – sonoticias.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *