Patente da Xiaomi revela celular com painel de energia solar

Não há previsão de lançamento da tecnologia ao público.

Celulares da Xiaomi podem ganhar uma fonte de energia extra no futuro. De acordo com uma patente registrada no WIPO (Escritório Internacional de Propriedade Intelectual, na sigla em inglês) em julho de 2018, a fabricante chinesa estuda formas para implementar um painel de energia solar na traseira de smartphones, a fim de estender a duração da bateria e permitir que o usuário carregue-o sem depender de carregadores. Apesar da inovação, não há previsão de lançamento da tecnologia ao público.

Modelo aproveitaria área livre da tampa traseira para um painel solar, capaz de converter luz solar em eletricidade para alimentar a bateria — Foto: Divulgação/XiaomiModelo aproveitaria área livre da tampa traseira para um painel solar, capaz de converter luz solar em eletricidade para alimentar a bateria — Foto: Divulgação/Xiaomi

De acordo com o site especializado LetsGoDigital, o celular com painel solar utilizaria a parte traseira para abrigar o componente. Dessa forma, a tecnologia poderia ser utilizada para garantir uma fonte de energia alternativa ao smartphone ao colocá-lo em uma janela ou superfície ao ar livre, por exemplo.

Outro ponto que chama a atenção no celular é a ausência da câmera de selfies, uma vez que esta pode estar alocada sob o display ou em uma base deslizante, tal qual o Xiaomi Mi 9T. Além disso, o smartphone conta com um sistema de câmera dupla na traseira.

Documentação da Xiaomi sugere um aparelho de linhas bem contemporâneas — Foto: Reprodução/LetsGoDigitalDocumentação da Xiaomi sugere um aparelho de linhas bem contemporâneas — Foto: Reprodução/LetsGoDigital

Recentemente, a Xiaomi apresentou um protótipo com câmera frontal oculta, algo próximo ao leitor de impressões digital sob a telapresente em telefones como o Galaxy S10, Xiaomi Mi 9, entre outros. A tecnologia, porém, ainda não chegou ao mercado de smartphones.

FONTE – techtudo.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *