Transportadoras de cargas de SC perdem vantagem competitiva

Cargas(Foto: Salmo Duarte/A Notícia )

Os transportadores de carga de Santa Catarina perderam, ao final do ano passado, vantagem competitiva que tinham em relação a concorrentes de outros estados na compra de insumos e matérias primas para os seus negócios. O crédito presumido do ICMS era de 30%, e agora é de apenas 20%, igualando-se ao que concedem outros estados.

A mudança decorre de decisão do Conselho de Política Fazendária (Confaz), que reúne todos os secretários de Fazenda das unidades da federação. O então governador Eduardo Pinho Moreira editou decreto nesse sentido no dia 28 de dezembro, para se adequar à nova norma válida para todo o país.

O presidente do sindicato de transportadoras de carga de Joinville e região (Setracajo), Wilson Steingraber, explica que empresas de semireboques – Furgões Joinville e Carrocerias Palmeira – por exemplo, haviam crescido bastante nos últimos anos por conta da vantagem fiscal.

Em 2020

A unidade do Serviço Social do Transportador/ Serviço de Aprendizagem do Transportador de Joinville deverá ficar pronta em 2020, com pelo menos um ano de atrasado em relação ao cronograma original. A troca de empreiteira explica o atraso.

As instalações vão dispor de espaços para atendimento clínico, áreas para atividades de lazer e recreação para caminhoneiros e familiares. 

A obra está em andamento na avenida Santos Dumont, próximo ao bairro Aventureiro e do aeroporto. Em âmbito nacional, o Sest/Senat suspendeu todos os investimentos projetados e que ainda não tinham sido iniciados, no valor superior a R$ 300 milhões.

Valor 

É de R$ 26.285.713,49 o valor do negócio que efetivou a venda de terreno, em Barra Velha, de 450 mil m2, da Electro Aço Altona, ao fundo de investimento imobiliário Challenger, do grupo Havan. A rede varejista fará, no local, novo centro de sdistribuição.  

Bônus 

Iniciam nesta segunda-feira (28) as vendas de eletrodomésticos com desconto de 50% para quem aderir ao programa Bônus eficiente, da Celesc, parceria com uma rede de eletromésticos, que tem 43 lojas no Estado. Esta é quinta edição da iniciativa conjunta e o objetivo é o de garantir maior eficiência energética com a troca de aparelhos antigos por novos, também mais econômicos.

Infraestrutura

Monica Fang, presidente do Conselho de Intercâmbio Econômico e Comercial Brasil-China, percorreu municípios de Joinville e do Planalto Norte na semana passada.

Em Joinville, na sexta-feira, reuniu-se com o vice-prefeito Nelson Coelho e com secretários municipais. A executiva demonstrou especial interesse apresentar possibilidades de parceria e transferência tecnológica em áreas da infraestrutura.

Principalmente em construção de casas populares, energia solar e sistemas de segurança pública no contexto do conceito de cidades inteligentes e humanas.

No Panalto conheceu as potencialidades turísticas e explicou que poderá encaminhar análise de viabilidade para trazer para SC os conhecimentos da medicina tradicional chinesa. Ela esteve nas cidades que compõem o chamado consórcio Quiriri – São Bento do Sul, Campo Alegre, Rio Negrinho, além de Corupá.

FONTE – nsctotal.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *